(21) 3026-6335/2148-2666

Alimentos Termogênicos

Alimentos Termogênicos

Muito tem se falado sobre o uso de alimentos termogênicos, principalmente nas academias, sendo recomendados por leigos em altas doses e às vezes em conjunto com outros, podendo gerar prejuízos à saúde. Com tanto falatório a respeito, você acaba ficando louco para experimentar, não é mesmo? Mas afinal, estes alimentos /suplementos têm ou não contraindicação?

Alimentos termogênicos são aqueles capazes de auxiliar na perda de peso. Quando digeridos, eles aumentam o metabolismo e a temperatura interna corporal. Assim, queimam calorias e ajudam a emagrecer. Dentre os alimentos termogênicos, podemos destacar a cafeína, a pimenta vermelha, o gengibre, o citrus aurantium e o chá verde.
Alguns alimentos / suplementos termogênicos:

Chá verde: vários estudos têm investigado os efeitos do chá verde no controle de peso, mostrando benefícios no aumento do gasto energético, na oxidação de gorduras e na redução da absorção de lipídios pelo intestino, auxiliando no emagrecimento. Além disso, é rico em antioxidantes, prevenindo contra doenças cardiovasculares. Mas cuidado! Por possuir cafeína, hipertensos só devem utilizá-lo com orientação. Pode ser usado in natura, em infusão, ou em cápsulas, com doses que variam para cada caso.

Capsaicina (Pimenta vermelha): auxilia na redução de radicais livres no organismo, possuindo ação antioxidante e anti-inflamatória. Além disso, aumenta o metabolismo lipídico, diminuindo o acúmulo de gordura corporal. Por ter um gosto picante, nem todos a toleram ingerir in natura, sendo, neste caso, recomendada sua utilização em cápsulas de acordo com a individualidade bioquímica. Mas existem algumas contraindicações – pessoas com gastrite e hemorroidas devem evitar sua utilização.

Gengibre: pode ser usado cru, refogado com legumes, em pó ou em forma de chá. Outra opção é bater no liquidificador com aipo, laranja, maçã e couve. Pode também ser consumido em cápsulas.

Laranja amarga (Citrus aurantium): aumenta a oxidação lipídica e acelera o metabolismo, promovendo um maior gasto de calorias e, conseqüentemente, a queima de estoques de gordura. Mas atenção – pode provocar ansiedade e palpitação em indivíduos suscetíveis. O Sinetrol é um extrato patenteado de frutas cítricas (laranja vermelha, toranja e citrus) e extrato de guaraná, proporcionando também um pique extra antes da atividade física.

Cafeína – além de aumentar a temperatura corporal e promover a queima de caloria, é considerada um recurso ergogênico no esporte, dando um maior pique para malhar, estimulando o sistema nervoso central. Pessoas com pressão alta, gastrite e problemas cardiovasculares não devem utilizar. Mas atenção ao horário de uso! Pode provocar insônia quando consumido a partir do final da tarde.

Erva mate (Ilex paraguariensis): Além de polifenóis com atividade antioxidante, esta erva é lipolítica e retarda o esvaziamento gástrico, auxiliando na redução da gordura visceral e aumentando a saciedade. Na forma de cápsulas, utiliza-se a Pholianegra, que é o extrato padronizado da erva.

Mesmo quando usados na forma de alimentos, os termogênicos devem ser indicados por um nutricionista funcional, para se consumir na hora e na quantidade adequadas, a fim de se alcançar os objetivos propostos. No caso de sua utilização em cápsulas, o ideal é se utilizar suplementos de marcas renomadas ou manipulados, feitos somente com o princípio ativo do alimento e numa dosagem segura, específica para cada pessoa. O principal problema dos suplementos vendidos no mercado é justamente a alta dosagem, que pode causar efeitos colaterais.

E claro! Sozinhos não fazem milagre, mas são grandes aliados na perda de peso, porque também aumentam a disposição! E não se esqueça que o mais importante para se obter resultados satisfatórios no processo de emagrecimento é associar a ingestão de alimentos termogênicos a uma alimentação equilibrada e à prática de exercícios físicos, indicados de acordo com suas características únicas!

Depoimentos