(21) 3026-6335/2148-2666

Dietas Vegetarianas

Dietas Vegetarianas

As dietas vegetarianas, quando atendem às necessidades nutricionais individuais, podem promover o crescimento, desenvolvimento e manutenção adequados e podem ser adotadas em qualquer ciclo de vida.
Vegetarianos têm taxas mais baixas de excesso de peso e obesidade, doença cardiovascular (DCV), hipertensão, diabetes tipo 2, alguns tipos de câncer, cálculos biliares, pedras nos rins, prisão de ventre e diverticulite. Estudos recentes mostram efeitos importantes de dietas vegetarianas no tratamento de algumas doenças como a artrite reumatóide.

Evidências sustentam o efeito redutor da pressão arterial das dietas vegetarianas, pois são ricas em frutas, legumes e nozes e tendem a ter reduzidos teores de gorduras saturadas e colesterol, níveis maiores de fibras, magnésio, potássio, vitamina C e E, folato, flavonóides, carotenóides e outros fitoquímicos.

A prática da alimentação vegetariana apresenta-se compatível com a prática esportiva cotidiana, desde que bem planejada para se evitar deficiências nutricionais. A função imune também não é prejudicada, a não ser quando se encontra anemia ferropriva ou deficiência de B12. Inibidores da absorção do ferro incluem os fitatos, cálcio e os polifenóis do chá, café, chás de ervas e de cacau.

A vitamina C e outros ácidos orgânicos encontrados em frutas e vegetais podem melhorar a absorção de ferro e reduzir os efeitos inibitórios do fitato e, assim, melhorar o estado de ferro. Algumas técnicas de preparação de alimentos, tais como deixar de molho e germinar feijão, grãos e sementes, bem como o fermento de pão, podem diminuir os níveis de fitatos e, assim, aumentar a absorção de ferro.

Vegetarianos que consomem laticínios, podem ter risco mais alto que veganos (vegetarianos estritos, que evitam quaisquer alimentos de origem animal, incluindo laticínios e ovos) de desenvolver anemia ferropriva por conta da competição do cálcio do leite e pelo fato de muitas vezes deixarem de consumir alimentos ricos em ferro para consumir laticínios. A Deficiência de B12 também pode ocorrer, pois os vegetarianos não consomem produtos de origem animal. A falta desta vitamina pode desencadear vários problemas, como: cardiovasculares, neurodegenerativos, como alzheimer, e baixo desempenho cognitivo.

Caso queira se tornar vegetariano, procure um nutricionista para planejar e adequar sua dieta, a fim de evitar carências nutricionais e possíveis doenças. Dietas vegetarianas são apropriadas em todos os estágios do ciclo de vida, incluindo gestação, lactação, infância, adolescência e para atletas.

Depoimentos