(21) 3026-6335/2148-2666

Saiba tudo sobre a Dieta Detox

Saiba tudo sobre a Dieta Detox

Pessoas com dificuldade de perder peso, com sintomas de organismo intoxicado, como fadiga crônica, com problemas de fígado, intestino ou inchaço, com problemas de TPM, enxaqueca, com histórico de alimentação desequilibrada ou que exageraram nas férias, auxilia também mulheres que pretendem engravidar.

Esse programa consiste na eliminação do excesso de toxinas no organismo, oriundas de substâncias nocivas e produtos químicos utilizados na industria de hoje, como: pesticidas, agrotóxicos, metais pesados, plásticos de uso alimentar, aditivos alimentares e poluentes orgânicos, excesso de medicamentos e bebidas alcoólicas.

Nosso corpo tem meios de eliminar essas toxinas, mas hoje elas são tantas, que a carga tóxica ultrapassa nossa capacidade natural de limpeza. Os alimentos indicados neste programa auxiliam todo este processo Detox, aumentando a imunidade e facilitando o emagrecimento.

• Quais são os benefícios de se fazer uma dieta detox? Tem contraindicações?

Pessoas com problemas de saúde, como diabéticos, além de gestantes e lactantes não devem seguir essa dieta.

• Como saber quantos dias de desintoxicação são necessários?

Depende do objetivo e da disponibilidade da pessoa. O programa Detox completo pode ser de 15 ou 21 dias. Este programa  melhora a retenção de líquidos, estimula órgãos e sistemas, acelera o metabolismo, acaba com a enxaqueca e reduzir o cansaço.

• Cada dia de dieta detox já faz diferença? Sim.

Se a pessoa quiser fazer por apenas um dia, ela pode seguir as seguintes orientações:

1. Beba bastante líquido, fora das refeições, como água, mate, água de côco ou suco de abacaxi com gengibre, que é um suco super digestivo e que ajuda na melhora do enjôo. Isso ajuda o organismo a eliminar toxinas.

2. Tome chás, como chá de boldo, branco, cavalinha, carqueja e alcachofra, pois eles tem propriedades diuréticas, antioxidantes e protetoras do fígado.

3. Evite comer carne vermelha, frituras e alimentos com muito sal. Prefira alimentos mais leves, como sopas de legumes com quinua, usando sempre uma brássica, que pode ser a couve, repolho roxo ou brócolis. Elas ajudam no processo Detox do organismo.

4. Procure fazer uma atividade aeróbica, como corrida, transport ou caminhada rápida. Fazer sauna também ajuda o organismo a desinchar e eliminar toxinas pelo suor.

5. Use frutas como a acerola, manga e o mamão, que, por serem ricas em vitamina C e A, fortalecem o sistema imunológico, evitando gripes e resfriados.

• Como deve ser feita a dieta Detox de dois a três dias? Quais são os resultados? Para quem é recomendado? O que deve ser acrescentado no cardápio?

É mais para dar uma desinchada rápida para minimizar alguns excessos de fim de semana, auxiliando na manutenção do peso e excreção de toxinas.

Os alimentos escolhidos vão depender da individualidade de cada pessoa, de acordo com suas disponibilidades e tolerâncias alimentares. Pode ser totalmente vegetariana ou com a introdução de ovos e peixes, depende de cada caso. Um exame de intolerância alimentar pode ser realizado a fim de se determinar os melhores alimentos a serem usados.

• A dieta detox pode ser feita, no máximo, por quanto tempo?

Por 30 dias. Durante este período, pode-se perder até 7 kg. Importante salientar que a Dieta Detox deve ser acompanhada por nutricionista, pois se for feita de forma inadequada pode causar carências nutricionais. Além disso, deve ser realizada uma Reeducação alimentar, onde se aprende a comer as quantidades certas de todos os grupos de alimentos. A prática de hábitos alimentares saudáveis deve ser realizada por toda a vida.

• Que tipo de nutrição a dieta detox privilegia? O que entra nestes cardápios? E o que é proibido? Alimentos que ajudam na “faxina” do organismo.

O que entra: alimentos sem glúten e sem leite, frutas, verduras, de preferencia orgânicos, principalmente do grupo das brássicas, como o brócolis e a couve. Alimentos prebióticos, como aspargos e chicorea. Chás desintoxicantes, como chá verde, hibiscos, carqueja, dente de leão, boldo, alcachofra. Dependendo da fase do programa, utilizamos proteínas como Frango sem hormônios e sem antibióticos, peixes de boa procedência, ovos orgânicos.

O que não entra: alimentos industrializados que contenham aditivos, embutidos (peito de peru, blanquet, presunto, salsicha…), defumados, alimentos refinados, como açúcar, alimentos com glúten, como trigo, aveia e centeio, carne vermelha, frituras, sal em excesso, café, laticínios e álcool.

Depoimentos